Cátia in the Kitchen: Hambúrguer de atum envolvido em sementes

Hoje trago-vos uma receita que é um três em um: fácil, saborosa e saudável.

 

Para fazer os hambúrgueres de atum envolvidos em sementes vamos precisar de:

  1. Uma embalagem de hambúrgueres Bom Petisco;
  2. Sementes de sésamo;
  3. Sementes de chia

 

IMG_8896

IMG_8897

IMG_8899

 

 

 

E é super fácil de confeccionar. Basta envolver os hambúrgueres de atum nas sementes de sésamo e chia e levar ao forno pré-aquecido a 180º cerca de 5/6min ou até ficarem douradinhos.

 

IMG_8901

IMG_8908

Cátia in the Kitchen: Another Smoothie #2

Olá!

Peço-vos desculpa por toda a minha ausência, mas a verdade é que os últimos tempos têm sido de autêntica correria e acabo por ocupar o tempo livre a descansar. No entanto, hoje estou de volta e trago-vos uma receita bastante simples – um smoothie de frutos silvestres.

IMG_7564

Então eu utilizei:

1. Uma pequena porção de frutos silvestres congelados;

2. Um iogurte líquido de frutos silvestres (também podem utilizar de morango!);

3. Sementes de chia.

E, mais fácil de confeccionar não há: basta juntar tudo no liquidificador e já está. É importante terem em atenção a quantidade de frutos que vão utilizar. Caso utilizem muitos frutos, o smoothie não vai ficar muito líquido e terão de adicionar mais iogurte.

IMG_7569

IMG_7587

Quanto a mim, este smoothie tem  um aspecto magnífico e uma cor bastante agradável.

Ficaram com vontade de experimentar?

Até ao próximo post,

Cátia

Parque das Nações, one year later!

No passado sábado (22) eu e o J. comemorámos um ano de namoro. Sei que o que vou dizer é bastante contraditório, mas a verdade é que por um lado me parece que foi ontem que nos conhecemos (e já passaram mais de dois anos), mas por outro parece que foi há uma eternidade que oficializámos a nossa relação. A verdade é que posso dizer que fui plenamente feliz neste ano que passou e que o J. é a melhor pessoa que eu poderia ter a meu lado.

IMG_6904

Tal como já vos disse antes, eu adoro comemorações e, como é óbvio, não podíamos deixar passar esta data que tanto significa para nós em branco. Normalmente, tenho mil e uma ideias de sítios a onde ir. Embora já tenha ido imensas vezes a alguns desses locais, visito-os sempre como fosse a primeira vez e com um olhar diferente. Desta vez, foi o J. que escolheu e, sinceramente, não poderia ter escolhido melhor. Fomos para o Parque das Nações, o que faz todo o sentido, já que foi lá que o J. me pediu em namoro, oficialmente. É um local lindo a meu ver, dada a sua diversidade e o facto de para nós ser tão especial, torna-o ainda mais bonito.

Andámos de teleférico, passeámos à beira rio… Enfim, foi um dia em cheio que acabou no nosso restaurante favorito – o Eataly.

Deixo-vos então algumas das fotos que tirámos (que poderiam ser muitas mais se o J. não tivesse formatado o cartão de memória de uma das máquinas, pouco depois de sairmos do teleférico :p). Espero que gostem!

IMG_8346 cópia

IMG_8347 cópia

IMG_8359 cópia

IMG_8360 cópia

IMG_8392 cópia

IMG_8394 cópia

IMG_8500 cópia

IMG_8515 cópia

IMG_8517 cópia

IMG_8527 cópia

IMG_8528 cópia

IMG_8459

Processed with Rookie

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Processed with Rookie

Beijo,

Cátia

It’s all about photography! #1

Boa noite!

O post que vos trago hoje é pura e simplesmente acerca de fotografia. Tal como já devem ter reparado, pelo que vou publicando aqui no blog, gosto imenso de fotografia. Não sou profissional (longe disso!!) nem pretendo fazer-me passar por tal, não tenho qualquer formação, nem sei se realmente tenho jeito ou aptidões para tal. A verdade é que gosto bastante de algumas das fotografias que fui tirando ao longo do tempo. Enquanto isso, outras só me fazem pensar: devias ter ficado quietinha!!! O que sei aprendi-o sozinha, aventurando-me e tentando pesquisar bastante sobre o tema, e tenho plena consciência que tenho muito mais por aprender, ainda.

Já me passaram várias máquinas fotográficas pelas mãos. Lembro-me perfeitamente da primeira que tive: não tinha qualidade nenhuma (mesmo!) e saiu numa revista qualquer. Um ou dois anos depois os meus pais ofereceram-me uma melhorzita mas, coitada, também não era grande coisa (nem me lembro da marca dela). Algum tempo depois, comprei uma Sony Cybershot (acho que era uma dsc-w70) que avariou e tive uma aventura fascinante na Worten. Perderam-me a máquina enquanto a deixei lá para arranjar e, como já não existiam máquinas daquele modelo, deram-me oportunidade de escolher outra no mesmo valor. Juntei mais algum dinheiro e comprei a minha primeira Canon, uma Canon Powershot SX100IS, se não estou em erro. Entretanto dei esta mesma máquina ao meu pai e, actualmente tenho três máquinas. Acabo por utilizar cada uma delas em situações específicas:

Samsung ST70

Samsung ST70

Normalmente esta máquina anda sempre comigo e é a que utilizo quando saio à noite ou algo do género.

Olympus SP-810UZ

Olympus SP-810UZ

Utilizo a Olympus em certos passeios que sei que vou “andar a correr” e em que não me dá tanto jeito ir carregada com a Canon. Às vezes acaba o J. por andar com esta e eu com a Canon, assim temos a certeza que apareceremos os dois nas fotografias!

Canon 1000D

Canon EOS 1000D

A Canon utilizo sempre que quero fotografar mais a sério. No entanto, já são notáveis as mazelas da minha pequenina, que comprei já devem fazer 7 ou 8 anos.

Agora que já vos dei a conhecer o meu histórico de máquinas, aqui vão algumas daquelas que considero as minhas melhores fotografias ou, pelo menos, aquelas de que mais gosto! É de notar que algumas delas foram tiradas com a minha primeira Canon e que, por isso, devem ter sensivelmente oito anos.

forno

gato

gato2

trovao

trovao2

546091_527698033923278_753979291_n

joao

Joaotrampolim

 

florjo

404859_380772665282483_779098969_n

530018_527700750589673_708375408_n

1235168_713095672050179_34156899_n

porta

3

4

5

IMG_5927

ncls

poccpsdj

poiscafe

porta

stoantonioalfama

Espero que tenham gostado das fotografias (algumas bem velhinhas)!

Beijos,

Cátia

Vamos lá então perceber as mulheres. Mas só um bocadinho…

Boa noite meninas. Hoje venho falar-vos de um livro que já li há algum tempo – penso que no último Verão – mas que me saltou à vista novamente, quando reorganizava os meus livros.

1

3

Este é um livro da autoria de Marta Gautier – psicóloga clínica, também autora dos livros Não há famílias perfeitas Gosto de ti assim. A par deste livro que hoje vos trago, Marta Gautier tem também uma peça de teatro, com o mesmo título e trata dos mesmos tópicos. Penso que no youtube existam alguns vídeos com excertos da peça, para quem tiver maior curiosidade!

2

Devo confessar que adorei este livro. Ao longo de todo o livro são tratados diversos temas do mundo feminino de uma forma bastante ligeira e com um grande sentido de humor. Penso que seja impossível chegar ao fim desta agradável leitura sem soltar um bom par de gargalhadas. Para além da forma cativante que é escrito, este livro tem também ilustrações super divertidas e que eu, pessoalmente, adorei.

4

Deixo-vos aqui alguns dos meus excertos e ilustrações favoritas!

0

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17+

18

19

20

21

Apesar de este ser um livro bastante divertido para nós, mulheres, acho que tem dicas óptimas para os nossos homens!

Já conheciam? Ficaram com vontade de ler?

Beijo,

Cátia

Belém is always a good ideia!

Boa tarde! Hoje trago-vos um post que já vem um pouco tarde e que pode ser visto como uma despedida dos dias cinzentos que foram, finalmente, substituídos por um sol quentinho.

Hoje falo-vos, mais uma vez, de Lisboa, mais concretamente de Belém. É dos meus locais favoritos, dada a sua diversidade. Quando falamos de Belém, podemos referir-nos a passeios em família, jardins, parques infantis, cultura, boas esplanadas – óptimas para os dias que se avizinham – à beira rio ou, simplesmente, a beleza incontornável do rio Tejo. Normalmente, quando vou a Belém, a minha parte favorita é, realmente, passear à beira rio, perto do Padrão dos Descobrimentos mas, desta vez, para não acabar por fazer sempre a mesma coisa, eu e o J. decidimos passar um dia mais virado para a cultura e, por isso, fomos ao Mosteiro dos Jerónimos e à Torre de Belém.

Para começar, falemos do preço de entrada. Para o Mosteiro dos Jerónimos bilhete custa 7€ e 5€ para a Torre de Belém. Nós optámos por um bilhete conjunto que nos permitiu visitar os dois monumentos por 10€. No entanto, podem verificar a tabela de preços completa para o Mosteiro aqui e para a Torre de Belém aqui.

Eu já tinha visitado ambos os monumentos, na altura da escola mas, dados os anos que passaram, já tinha muito poucas memórias do seu interior.

Quanto ao Mosteiro devo confessar que fiquei um pouco desiludida, no entanto gostei bastante.

IMG_7293

Imagem

Imagem

IMG_7311

10003300_832790936747318_1290193775_n

IMG_7317

IMG_7323

IMG_7325

IMG_7335

Quanto à Torre de Belém, fiquei completamente fascinada, não só pela arquitectura em si como pelas maravilhosas vistas que nos são proporcionadas. Só tem um senão, para mim: a quantidade de degraus que temos de subir mas, verdade seja dita, o esforço é compensado a 200%.

IMG_7337

IMG_7349

IMG_7350

IMG_7359

IMG_7371

1980706_832792043413874_1802604340_n

IMG_7372

IMG_7391

1964201_832792040080541_2054935648_n

Fotografias: Canon EOS 1000D e iPhone 4S

E vocês, também já se renderam à beleza de Belém?

Beijo,

Cátia

Cátia in the Kitchen: Another Smoothie

Boa tarde! Como está a correr a vossa semana?

Hoje trago-vos uma receita para um sumo natural bastante fácil, rápida e nutritiva.

smoothie

Tal como vemos na imagem, vamos precisar de:

  1. Metade de uma papaia;
  2. Uma laranja descascada;
  3. Uma cenoura grande ou duas pequenas;
  4. Meio copo de água;

 

Como confeccionar: É muito simples, basta juntar tudo no liquidificador!

 

IMG_6764

Caso o sabor não vos agrade podem ainda adicionar uma colher de açúcar ou adoçante!

Espero que tenham gostado.

Beijo,

Cátia

Cátia in the Kitchen: Papelote de Salmão

Boa noite! Espero que a vossa semana tenha corrido muito bem. Hoje tivemos, finalmente, um dia repleto de sol e já se fez sentir algum calor. Já fazia imensa falta e, agora, de certeza que vamos andar todos muito mais bem dispostos e sorridentes. Afinal, quem não gosta da Primavera?

Tal como já vos tinha dito aqui, não sou grande expert quanto àquilo que diz respeito à cozinha. No entanto, hoje decidi trazer-vos uma receita que é bastante fácil de confeccionar e que, actualmente, é uma das minhas favoritas. Para além de ser super saborosa é também muito rápida, o que é óptimo para quem anda sempre ocupado, como eu.

Imagem

Para 2 pessoas vamos precisar de:

  1. Dois lombos de salmão congelado;
  2. Miolo de camarão q.b.;
  3. Alho picado q.b.;
  4. Sal q.b.;
  5. Coentros q.b. (costumo utilizar daquele que se compra congelado, mas se for fresco ainda melhor);
  6. Azeite q.b.
  7. Dois quadrados de papel de alumínio, para fazer os papelotes.

Como confeccionar:

  • Vamos começar por fazer o papelote com o papel de alumínio, onde colocamos o salmão;
  • Colocar dois ou três camarões sob o salmão;
  • Adicionar o sal, alho picado e um fio de azeite;
  • Colocar, por cima, algumas folhas de coentros;

Vai ficar algo parecido com isto:

Imagem

De seguida, basta levar ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante cerca de 20 a 25 minutos. Et voilá:

IMG_6507

Normalmente acompanho com batatas cozidas ou no forno e salada.

Espero que tenham gostado!

Beijo,

Cátia